terça-feira, 31 de maio de 2016

Processamento de Dados

Processamento de Dados

A expressão “Processamento de dados” vem da execução de processos sobre o dado original, para transformá-lo em uma informação.
Dado é a unidade bruta, sem complemento ou descrição, mas de sentido único de uma informação; por exemplo:
42. O que podemos afirmar, sem medo de errar sobre este dado, é que ele é uma numero, somente isso.
Informação é o complemento de um dado, de maneira que dê sentido, orientação, unidade ou descrição sobre o dado: exemplo: 42 anos, 42 unidade de parafusos, 42 pessoas, 42 dias.
Banco de dados é o conjunto de informações inerentes e correlatas a um mesmo indivíduo ou entidades, de uma mesma categoria ou classe. Por exemplo, seu RG, é uma informação que advém de um banco de dados de pessoas cadastradas, em que contam seu nome, data de nascimento, numero de registro geral, data do registro, órgão expedidor, cidade natal, filiação e dados do estado que você nasceu.
Em banco de dados informatizados, podemos pesquisar os registros e relaciona-los a informações, montando relatórios e analisando dados de maneira linear, indexada ou cruzada. Os cadastros de clientes, fornecedores, compradores, lista de produtos e preços etc... são bancos de dados encontrados na empresas e utilizados para preenchimento de documentos e como contratos, notas fiscais e pedidos.

Processamento de dados da Google

Classificação de sistema

Os sistemas classificam-se, primeiramente em relação em sua origem, como naturais e ciberneticos:
Naturais: de origem biológica ou de natureza humana, como por exemplo, os sistemas viários de uma cidade, uma rede supermercado, entre outros:

Cibernéticos: Formado por componentes eletromecânicos, eletrônicos, como um aparelho de tv, um automóvel
com injeção eletrônica, um computador, um software, etc.
E estes, dependendo de sua capacidade e/ou possibilidade de atualização ou adaptação, classificam-se em abertos e fechados:
Abertos: Os que podem ser alterados por intermédio de uma ocorrência de variável externa ao ambiente e que podem ser modificados para atualização ou modificação: como exemplo, um sistema operacional de código livre chamado Linux, em que se pode, por meio programação, realizar modificações e implementações diversas no
código principal do sistema, desde que se domine a linguagem de programação;
Fechados: Os que não podem ser alterados na forma, ou base, a não ser pelo fabricante do sistema; por exemplo, no sistema operacional Windows, somente o fabricante pode executar alterações ou implementações.

Fundamentos do uso de TI

Tecnologia da informação(TI) é uma metodologia na qual se aplicam os recursos de informática, rede
telecomunicações, automação (industrial, comercial, bancária e pessoal), sistemas integrados aos recursos produtivos empresariais.visando o aumento da produtividade, à redução de custos, à segurança e à disponibilização da informação em qualquer local e moment, por meio de computador (Fixo ou móvel) PDAS ou celular.
Existem tecnologias relativas ao planejamentos de informática, ao desenvolvimento de sistemas, ao suporte ao software, aos processos de produção e operação, ao suporte de hardware etc., além de redes q interligam os computadores, administração de banco de dados ou outras tecnologias de processamento e comunicação de informações.
Assim, definem-se sistemas de informação computadorizados como um conjunto organizado de recursos que envolvem peopleware, hardware, software, redes de computadores e telecomunicações, coleta transformação e disseminação das informações na organização e que apresentam uma ou mais das características descritas anteriormente.

O COMPUTADOR - O QUE É?


O Que é?

O computador é uma máquina que processa dados, orientada por um conjunto de instruções e destinada a produzir
resultados completos, com um mínimo de intervenção humana. Entre vários benefícios, podemos citar:
- grande velocidade no processamento e disponibilização de informações;
- precisão no fornecimento das informações;
- próprio para execução de tarefas repetitivas;
- propicia a redução de custos em várias atividades.


A Revolução do Computador
Primeiras Máquinas de Calcular
A história do computador, ao contrário do que muitos podem imaginar, tem seu início há muito tempo atrás, desde
quando o homem descobriu que somente com os dedos, ou com pedras e gravetos, não dava mais para fazer
cálculos...
Então, por volta de 4.000 a.C., os babilônios criaram um aparelho muito simples formado por uma placa de
argila onde se escreviam algarismos que auxiliavam nos cálculos. Esse aparelho era chamado de ÁBACO.


O próximo passo na história dos computadores (ano de 1642),ocorreu quando um francês de 18 anos de
nome Blaise Pascal, inventou a primeira máquina de somar: PASCALINA, a qual executava operações
aritméticas, e foi construída com rodas dentadas, sendo assim a precursora das calculadoras mecânicas.


Por volta de 1671 na Alemanha, Gottfried Wilhelm Von Leibnitz, matemático, aperfeiçoou a máquina Pascalina,
introduzindo um mecanismo capaz de multiplicar e dividir.

Joseph Marie Jacquard, técnico de tecelagem francês, criou o tear automático controlado por cartões perfurados,
em 1801.



Charles P. Babbage, matemático inglês, projetou a Máquina das
Diferenças em 1822, e a Máquina Analítica, em 1833. É
considerado o precursor do computador eletrônico digital, pois sua
máquina analítica possuía três estágios fundamentais (como os
computadores atuais):
(a) entrada (com cartões perfurados), (b) processamento utilizando
memória (de engrenagens), abrigando o programa em execução e
(c) saída
Porém, sua máquina só pode ser concluída anos após a sua
morte, tornando-se a base para a estrutura dos computadores
atuais, fazendo com que Charles Babbage fosse considerado como o "Pai do Computador".
Mark I foi o primeiro computador eletro-mecânico, inventado pelo professor Howard H. Aiken da Universidade
de Harvard, nos E.U.A., em 1944;



ENIAC (Electronic Numerical Integrator And
Calculator), ou seja, "Computador e Integrador
Numérico Eletrônico", foi o primeiro computador
eletrônico, inventado pelos professores John Eckert e
John Mauchly da Universidade da Pennsylvania
(E.U.A.), em 1946. Tinha cerca de 18.000 válvulas,
ocupava três andares e queimava uma válvula a
cada dois minutos, projetado para fins militares. Era o
primeiro computador digital eletrônico de grande
escala.
O ENIAC tinhas as seguintes características:
· totalmente eletrônico
· 500.000 conexões de solda
· 30 toneladas de peso
· 180 m² de área construída
· realizava uma soma em 0,0002 s
· realizava uma multiplicação em 0,005 s com números de 10 dígitos

John Von Newman, matemático húngaro, formula nos Estados Unidos a proposição prática para
computadores universais, que armazenam programas em memórias,
melhorando o método inicialmente utilizado pelo ENIAC. Esse princípio é utilizado nos computadores até hoje.



Ada Byron King, a condessa de Lovelace, filha de Lord Byron, junto com seu
companheiro Charles Babbage, iniciou o ambicioso projeto de construção da
Máquina Analítica. Ada é uma das poucas mulheres a figurar na história do
processamento de dados. Matemática talentosa, compreendeu o funcionamento da
Máquina analítica e escreveu os melhores relatos sobre o processo. Criou programas para a máquina, tornandose a primeira programadora de computador do mundo.



GERAÇÕES
Primeira geração - Computadores constituídos de válvulas eletrônicas. Exemplos: ENIAC, UNIVAC
I, IBM 701.
Segunda geração - Com início nos fins dos anos 50, engloba computadores equipados com
transistores organizados em circuitos impressos. Exemplo: IBM 1401. Começaram a surgir também as
linguagens de programação de alto nível: Fortran (1957), Cobol (1960), Basic (1964).
Terceira geração - Com início em meados da década de 60, compreende computadores constituídos
de circuitos integrados.
Escalas de integração:
SSI - Small Scale of Integration (Integração de pequena Escala)
MSI - Middle Scale of Integration. (Integração de Média Escala)
Exemplos: IBM /360 e IBM /370.
Quarta geração - Com início no princípio da década de 70, são os computadores constituídos de
circuitos integrados nas seguintes escalas:
LSI - Large Scale of Integration (Integração de Larga Escala)
VLSI - Very Large Scale of Integration. (Integração de Escala Muito Larga)
ULSI - Ultra-Large Scale Integration (Integração de Escala Ultra Larga)
Exemplos: Os computadores atuais.

Organização como um sistema 

A tecnologia de informação está cada vez mais importante no mercado competitivo. Os gerentes necessitam de toda ajuda q puderem ter. os sistemas de informação desempenham três papéis vitais na empresa Apoio às Operações empresariais. De contabilidade até acompanhamento de pedidos de clientes, os sistemas oferecem suporte à administração nas operações do dia a dia empresarial.
Apoio à tomada de Decisões Gerenciais. Assim como os sistemas de informação podem combinar uma informação para ajudar a administrar melhor a empresa, a mesma informação pode ajudar os gerentes a identificar tendências e avaliar o resultado decisões anteriores.
Apoio à Vantagens Estratégicas. Sistemas de informação projetados em torno dos objetivos estratégicos da companhia ajudam a criar vantagens competitivas no mercado.